ROCK FM News: UDO contraria ordens médicas e segue em turnê mesmo com problemas de saúde

Terça-feira, 22/01/2019

Recentemente um comunicado feito nas redes sociais da banda U.D.O. revelou que o vocalista UDO DIRKSCHNEIDER enfrenta um “sério problema de saúde”, especificado no texto como apenas “dor no joelho esquerdo”.

A publicação diz, ainda, que o ex-cantor do ACCEPT se recusou a cancelar os próximos compromissos de turnê do grupo e que ele irá se apresentar ainda que esteja “um pouco debilitado”.

“Infelizmente, temos que dizer que UDO está com um sério problema de saúde desde o início de janeiro. Ele está com dores no joelho esquerdo e não poderá andar por um bom tempo. Ele foi a diferentes especialistas e está em um bom caminho para se recuperar, mas ainda está debilitado e não pode se mover muito sem dor”, diz o texto.

Segundo a nota, UDO DIRKSCHNEIDER, que está com 66 anos de idade, estaria ignorando ordens médicos ao optar por retomar suas atividades em turnê neste último domingo (20/01/19), quando começou uma turnê pela Europa, pois o cantor odiaria “decepcionar os fãs”.

“Contra todos os conselhos médicos, ele decidiu fazer a turnê e não adiá-la, já que ele odeia decepcionar os fãs. Porém, isso significa que ele estará um pouco debilitado no palco e não poderá se mexer muito. Lamentamos por isso, mas seguimos com a opinião de que isso é melhor do que adiar a turnê inteira”, completou.

Vale lembrar que este não é o primeiro de saúde enfrentado pelo cantor (ainda que de outra origem), uma vez, em meados do ano de 1990, segundo entrevistas, ele teria sofrido um “colapso” “colapso”, e não de um ataque cardíaco, como muitos costumam dizer. Na época, ele sentia que estava sobrecarregado com o trabalho, por isso passou mal. O vocalista destaca, ainda, que nunca teve problemas com sua voz.

Confira ONE HEART ONE SOUL que faz parte domais recente trabalho do U.D.O. chamado STEELFACTORY lançado em agosto do ano passado que rola na programação da ROCK FM BRASIL.

Sobre Nós

  • Nossa história.

    No pico da crise político-econômica brasileira uma grande onda de demissões atinge o dial do Rio de Janeiro. E quando a mais representativa Rádio Rock do FM carioca não passou imune por esta onda com a dispensa de diversos locutores e colaboradores, indicando um fechamento em um futuro próximo, verificamos que na 2ª maior Região metropolitana não teria nenhuma representação do Rock no dial.
  • Redes Sociais

    O que role a página da Rock FM